2

Esqueleto de bebê dinossauro é encontrado no Canadá

Foi descoberto em Alberta, Canadá o menor esqueleto intacto já encontrado da espécie de dinossauros herbívoros com chifres, conhecido como Ceratopsids.

O bebê tinha apenas 3 anos de idade e 5 metros de comprimento. Provavelmente se afogou a cerca de 70 milhões de anos atrás, quando vagava em um rio perto de Alberta, no Canadá. O animal estava tão bem preservado que sua pele deixou impressões nas rocha das proximidades.

ceratopsid-skeleton

 

Raro de encontrar

Encontrar um bebê dinossauros intacto é incrivelmente raro.

” Os dinossauros adultos são mais comuns de encontrar: eles não são comidos, eles não são destruídas por animais “, disse o coautor Philip Currie, um paleobiologista da Universidade de Alberta.

Os paleontólogos tinham descoberto alguns ossos individuais de Ceratopsids menores no passado. Mas sem esqueletos juvenis intactos, tais ossos não são muito úteis, pois não era possível estudar melhor como era cada alterações ósseas durante cada estágio de vida dos dinossauros, disse Currie.

torossauro 12

 

Vítima de afogamento

Surpreendentemente, quase todo o esqueleto estava intacto. Com base em seu tamanho, a equipe estima que o dinossauro tinha cerca de 3 anos de idade quando pereceu. Assim como os seres humanos, estes dinossauros levavam cerca de 20 anos para atingir a maturidade, quando atingiam 6,5 metros de comprimento, sendo 2 metros de crânio, e pesavam de 3 a 4 toneladas.

O fóssil foi encontrado em sedimentos associados a ambientes aquosos e não tinha marcas de mordida ou vestígio de lesão, por isso é provável que o bebê dino tenha se afogado.

hqdefault

 

Um avanço para os estudos

Além de ser bonito, o novo fóssil ajuda paleontólogos a entender como esses dinossauros herbívoros cresciam. Os paleontólogos podem identificar melhor a idade de outros ossos individuais juvenis descobertos ao longo dos anos.

Já a equipe aprendeu que Ceratopsids jovens eram diferentes dos adultos, e que as proporções dos membros não mudavam muito conforme eles cresciam. Terópodes predadores, como o Tyrannosaurus rex tinham pernas desproporcionalmente longas quando jovens, presumivelmente para manter-se com os adultos nas viagens.

Em contraste, ” os Ceratopsids, tinham essencialmente as mesmas proporções, o que provavelmente significa que os adultos nunca se moviam tão rápido “, disse Currie. “Não havia prioridade para os bebês correrem para se manterem com os adultos. ”

 

104Ceratopsidae

 

 

Via Live Science
I
magens por Google Imagens

Kabertollucci

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado