0

Laboratório

Utilização de compostos inflamáveis

Os compostos inflamáveis manuseados de forma incorreta, são a principal causa de incêndios em laboratórios.
Os líquidos inflamáveis são aqueles que apresentam ponto de fulgor abaixo de 70°C, sendo o ponto de fulgor, a menor temperatura em que os vapores de uma determinada substância, em contanto com o ar, se inflamam quando presente uma chama.
Os compostos inflamáveis devem ser manipulados longe de chamas, deve-se evitar também que seus vapores sejam liberados dentro do ambiente do laboratório. O éter etílico merece grande cuidado, devido à sua grande volatilidade e inflamabilidade.
No caso de aquecer este líquido, deve-se utilizar chapa aquecedora ou banho maria pré aquecido e nunca bico de gás.
Substâncias Corrosivas


Em um laboratório existe diversos elementos corrosivos, sendo os principais, os ácidos, as bases e os halogênios. A maior parte deles provocam queimaduras sérias e devem ser manipulados com cuidado, de forma a evitar o contato com a pele, mucosas, olhos e boca. Alguns destes compostos liberam vapores corrosivos, sendo necessário, então, evitar o contato com as mucosas nasais, pois senão pode ocorrer danos graves às vias respiratórias, caso a inalação seja prolongada.
No caso dos ácidos e das bases fortes, eles produzem reação bastante exotérmica quando em contato com a água, sendo importante, nunca adicionar água ao ácido ou à base, mas sim a base ou o ácido à água, sendo isso feito de maneira lenta e com agitação, se possível com resfriamento externo.

Veja lista de Substancias Corrosivas ( Clique aqui )

Kabertollucci

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado